SIM e NÃO da gravidez: o que pode e não pode fazer ?

Se acabou de descobrir que está grávida, os nossos parabéns. Depois de celebrar a feliz novidade, irá de certeza ter muitas dúvidas se for a sua primeira gravidez. É normal pois é tudo um novo mundo a descobrir. Irá questionar-se sobre o que pode e não pode fazer, consoante se depare com situações diversas. Neste artigo apresentamos 11 SIM e 10 NÃO da gravidez para que possa esclarecer as dúvidas mais importantes!

SIM

  1. Pintar o cabelo
    Embora os estudos sobre pintar o cabelo durante a gravidez sejam limitados, tudo indica que é seguro pintar o cabelo. Contudo, evite fazê-lo durante as primeiras 12 semanas da gravidez pois é o período em que maior risco de as interferências externas causarem malformações no bebé. A partir dessa altura, considera-se mais seguro fazê-lo. No entanto, evite por tinta no couro cabeludo e deixe a tinta atuar o mínimo tempo possível. Fazer madeixas ou usar tinta semipermanente poderá ser mais seguro.
  2. Fazer exercício físico
    A prática de exercício físico, mas em em moderação, é recomendada durante a gravidez. Exceto se o seu obstetra não concordar, pode e deve praticar desporto em moderação procurando não exceder os 45 minutos. A prática de yoga para grávidas, natação e caminhada são excelentes. O importante é que não fique extenuada e não faça esforços extremos. Ponha os desportos radicais e os de impacto de lado durante este período.
  3. Tomar paracetamol e medicação para o refluxo gástrico
    Se não for alérgica e nenhum dos componentes, pode tomar paracetamol e medicação para o refluxo gástrico. Já com os anti-inflamatórios, não arrisque. Se tiver dúvidas, o melhor é falar com o seu obstetra antes de tomar qualquer medicação.
  4. Ter sexo Sim, continue a ter sexo pois é perfeitamente seguro até rebentarem as águas. A exceção é se tiver uma gravidez de risco ou placenta prévia. Além disso, os momentos de intimidade são uma excelente forma de fortalecer a sua ligação com o seu parceiro. Se sentir desconforto com algumas posições, só tem que as mudar e adotar posições confortáveis.
  1. Conviver com os animais de estimação
    Pode continuar a conviver com os seus animais de estimação, desde que tome certos cuidados. Assim, procure que eles sejam mantidos limpos e estejam num ambiente limpo. Procure também evitar que eles vão para a sua cama e dar-lhes beijos. Com os gatos, é necessário um cuidado especial pois eles são hospedeirosdo parasita Toxoplasma condii que pode causar toxoplasmose e problemas graves ao feto. Assim, passe a limpeza da caixa de areia para outro membro da família pois pode contrair o parasita a partir das fezes do seu gato.
  2. Viajar de avião
    Pode viajar de avião durante quase toda a gravidez, desde que evite trajetos de muitas horas pois permanecerá muitas horas sentada. Consequentemente aumenta o risco de trombose, o qual já é naturalmente maior durante a gravidez. Assim, opte por viagens curtas. A partir do último trimestre, as linhas aéreas exigem uma declaração do seu obstetra para viajar.
  3. Tomar vitaminas e suplementos alimentares
    Deve optar por uma alimentação saudável e variada, rica em vitaminas e minerais especialmente durante a gravidez. No entanto, o seu corpo irá necessitar de doses adicionais de ácido fólico, cálcio e de ferro. Assim, a toma destes minerais ou de um multivitamínico é permitido e até recomendável.
  4. Tomar café
    Sim, pode, assim como chá, mas com moderação. A recomendação é que não exceda os 200 mg de cafeína por dia, o que equivale a duas chávenas de café. Ainda assim, deve ter em atenção que se consumir chá preto ou um chocolate, já não deverá beber os dois cafés pois aqueles alimentos têm também cafeína.
  1. Comer salada e fruta crua
    Sim, pode, desde que os ingredientes sejam muito bem lavados e higienizados para que não contenham qualquer parasita ou outros microrganismos nocivos. Pode deixar os ingredientes de molho com um pouco de amokina que encontra em qualquer supermercado. A fruta deve ser descascada antes de consumida. Evite comer alimentos crus fora de casa.
  2. Comer marisco
    Sim, pode comer marisco mas desde que esteja bem cozinhado pois caso contrário pode conter salmonela. Deve contudo comer pouco marisco de concha devido ao conteúdo de mercúrio. No caso se não conseguir ou não souber determinar o grau de preparação do marisco, mais vale não arriscar. No caso, por exemplo, de ostras ou ameijoas, não coma as que estiverem fechadas. Deve ter também muito cuidado com os mexilhões, chocos, polvo ou lagostins.
  3. Dar sangue
    Na verdade, este é um SIM e NÃO. O corpo produz entre 30% a 50% mais sangue durante a gestação, mas por ser um período mais sensível, a recomendação de muitos médicos é que as grávidas não doem sangue. Contudo, consoante os valores das suas pré-análises, o seu obstetra poderá deixá-la dar sangue.

NÃO

  1. Fazer uma tatuagem
    A realização de tatuagens é contraindicada durante a gravidez pois há pouca informação sobre os efeitos de determinados pigmentos. O uso de agulhas pode pô-la em risco de ter um infeção local, assim como o de contrair hepatite B e até o VIH.
  2. Tomar um banho quente ou ir à sauna
    Permanecer em água muito quente ou na sauna pode ser perigoso porque os fetos não conseguem regular a sua temperatura corporal. Há também estudos que indicam que o calor da sauna pode provocar complicações graves no cérebro e espinhal-medula do bebé.
  3. Limpar a caixa de areia do seu gato
    Definitivamente não. Como vimos acima, os gatos são hospedeiros do parasita Toxoplasma condii, que pode passar para si através das fezes do seu bichano. Como consequência, pode contrair toxoplasmose que pode, por sua vez, causar complicações muito graves no feto.
  4. Consumir bebidas alcoólicas e fumar
    Neste capítulo não precisamos dizer mais, pois não? De certeza que já sabe todos os malefícios do consumo de álcool e tabaco durante a gravidez. Evite também ambientes com fumo de tabaco. Relativamente às bebidas alcoólicas, como não está estabelecido um limite de segurança, o melhor é pô-las de parte. Mas…sabia que existe vinho SEM álcool e outras bebidas também SEM álcool seguras para grávidas? Pronto, já pode matar saudades e deliciar-se com um Mojito…sem álcool!
  5. Limpar o forno
    Durante a gravidez pode continuar a fazer limpezas na casa. No entanto, a limpeza do forno e de outros espaços confinados é de evitar. Como são espaços pouco ventilados, ao fazê-lo vai expor-se a compostos químicos nocivos que irão atravessar a placenta e prejudicar o bebé. Reserve para o seu companheiro a limpeza do forno e espaços onde a exposição a químicos é elevada. Para si, reserve as limpezas efetuadas em locais bem ventilados e prefira produtos de limpeza naturais.
  6. Fazer exercícios com pesos, esquiar, mergulhar e saltar
    Todas estas atividades são desaconselhadas durante a gravidez. Saltar e fazer movimentos de alto impacto durante a gravidez podem causar lesões dolorosas nas suas articulações. Paralelamente, devido ao aumento de peso na zona da barriga, irá experienciar uma mudança no seu centro de gravidade. Por isso, é muito mais fácil perder o equilíbrio nesta fase. Por fim, pratique exercício frequentemente, mas sem ficar extenuada.
  7. Comer presunto, salame, salmão fumado e queijos não pasteurizados
    Se é uma grande apreciadora de enchidos, carnes e peixes fumados, temos más notícias. Não pode se todo consumir este tipo de produtos. O mesmo se aplica ao seu queijo Camembert e Brie, assim como qualquer queijo não pasteurizado porque poderão conter listeria monocytogenenes. Esta bactéria pode causar listeriose, a qual pode por em risco a sua gravidez.
  8. Pintar o quarto do bebé
    À semelhança do risco de contacto com os químicos de produtos de limpeza quando limpa o forno ou um espaço confinado, pintar o quarto do bebé é também desaconselhado. A razão é a mesma: o risco de inalação de produtos químicos presentes nas tintas que podem atravessar a sua placenta e prejudicar o desenvolvimento do bebé.
  9. Comer atum fresco, peixe-espada e outros peixes de grande porte
    Durante a gravidez não deve comer estes peixes porque são ricos em mercúrio. Acontece que este metal pode danificar o desenvolvimento do sistema nervoso do bebé. Prefira antes peixes com baixos níveis de mercúrio como salmão, sardinha, pescada, truta, anchovas, linguado, solha, perca, arenque ou badejo. O atum enlatado é também considerado seguro.
  10. Usar sapatos com saltos muito altos
    Evite roupa muito apertada e saltos muito altos, especialmente tacão agulha. Devido ao peso da barriga que vai aumentando, o seu centro de gravidade irá mudar. Assim, poderá sentir alguns problemas de equilíbrio, que aumentarão com o uso de saltos muito altos. Junte-lhes as pernas, tornozelos e pés inchados, o risco de varizes e o peso adicional sobre os seus ligamentos e músculos! Prefira antes calçado confortável, raso ou com salto médio ou de plataforma.

Fonte: Mãe me Quer

Artigos relacionados